Dados protegidos: conheça o Sistema de Gestão de Segurança da Informação da Tecnobank

Informação é a base da era do conhecimento. Se antes a preocupação das grandes corporações era voltada a seus ativos e processos, hoje nada é mais valioso do que uma ideia, um projeto ou um arquivo, principalmente quando falamos de tecnologia. Nesse contexto, empresas que têm a segurança e a confiança dos seus parceiros e […]

16 de setembro de 2019 13:27 - Atualizado às 13:27

Dados protegidos: conheça o Sistema de Gestão de Segurança da Informação da Tecnobank

Informação é a base da era do conhecimento. Se antes a preocupação das grandes corporações era voltada a seus ativos e processos, hoje nada é mais valioso do que uma ideia, um projeto ou um arquivo, principalmente quando falamos de tecnologia.

Nesse contexto, empresas que têm a segurança e a confiança dos seus parceiros e clientes como valores imprescindíveis para os seus negócios devem apostar em políticas de Segurança da Informação e de Proteção de Dados, a fim de evitar diversos tipos de ameaças cibernéticas e garantir a continuidade da informação, maximizando retorno dos investimentos e gerando novas oportunidades.

Assumindo esse compromisso, a Tecnobank lançou, em 2019, um Sistema de Gestão de Segurança da Informação, alinhado às melhores práticas de infraestrutura tecnológicas que envolvem os processos eletrônicos dos segmentos financeiro e de veículos.

O programa conta com políticas e diretrizes baseadas nos mais rígidos padrões nacionais e internacionais do mercado, além de um comitê de ética exclusivo e com atuação direta. Isso significa que todos os dados utilizados pela Tecnobank passam por esse Sistema de Gestão de Segurança da Informação, baseado em sete pilares: Confidencialidade, Integridade, Disponibilidade, Autenticidade, Irretratabilidade, Privacidade e Legalidade.

O Sistema de Gestão de Segurança da Informação da Tecnobank está presente em todo o ciclo de vida dos dados, desde a fase de sua geração à etapa de destruição, além de permear todos os sistemas que os processam, como análise, desenho, desenvolvimento, implantação, teste e manutenção.

Para saber mais sobre Segurança da Informação, seus pilares e a aplicabilidade na rotina das organizações, assista ao vídeo abaixo:

Tagged with: